Cientista de Dados: O Que Faz, Salário, O Que Estudar? Carreiras Leave a comment

A organização, recuperação e manipulação eficiente dos dados faz parte do processo diário nessa carreira. Finalmente, a interpretação dos dados é o momento em que os insights aparecem em decisões ou ações. Em seguida, vem a fase de limpeza e preparação dos dados, onde os dados brutos são transformados em um formato adequado para análise. A partir daí, surgiu o reconhecimento da Ciência de Dados como um campo independente, embora ainda estivesse fortemente ligado à estatística. A demanda por esse profissional tem sido alta, o que geralmente resulta em salários competitivos, mas a concorrência também é alta.

cientistas de dados

Quem deseja trabalhar como cientista de dados precisa ficar atento as habilidades comportamentais também, que já se tornaram um fator decisivo de contratação em recrutamentos. Esta é a realidade da Era do Big Data, que, ao mesmo tempo que possibilita descobertas incríveis, desafia empresas de diferentes portes a depurar um grande volume de informações para saber quais são relevantes para o futuro do negócio. Para você ter uma ideia, só em 2018, foram gerados 33 zetabytes de novos dados no mundo https://knowyourmeme.com/users/tumpa54dfg – cada zetabyte equivale a 1 trilhão de gigabytes. Consegue imaginar o quanto desta informação foi analisada e aproveitada pelas empresas? Dessa forma, é possível já ser graduado em uma área de conhecimento e cursar a pós-graduação em Ciências de Dados e Big Data Analytics da Estácio para ser um cientista de dados. Caso ainda não possua graduação, você também pode escolher iniciar sua carreira com uma graduação em Ciência de Dados e dar o pontapé inicial para trilhar uma trajetória de sucesso.

Pessoa Cientista de Dados – Pleno/Sênior

Caso isso aconteça, a informação poderá estar disponível quando ninguém mais precisar dela. Afinal, é justamente na insistência e nas repetições realizadas com parâmetros mais calibrados que o cientista de dados pode encontrar a informação mais adequada e valiosa e, com isso, mostrar o seu verdadeiro diferencial. É preciso criar, inovar e ir além dos concorrentes propondo soluções que ainda não foram implementadas e que possam trazer vantagem competitiva para as organizações. Então, é necessário que o profissional que se dispõe a lidar com esse novo paradigma tenha a iniciativa de se antecipar e descobrir quais dados são esses, onde eles estão e trazê-los à tona para se transformarem em informação útil.

Além dessas linguagens de programação é essencial o domínio de bancos de dados SQL e NoSQL. Porém, para aplicar todo esse conhecimento quem trabalha com Ciência de Dados usa ferramentas específicas. No entanto, de maneira geral, esse processo segue uma estrutura que começa com a coleta de dados. Por https://www.scoop.it/u/tumpa54dfg isso, esse processo pode variar significativamente dependendo do setor e das necessidades da empresa. Sinto que realmente a maior mudança na área de dados foi essa divisão do que um cientista de dados deve e pode fazer e também o que é tarefa de engenheiros de dados e machine learning, por exemplo.

Sobre a carreira

É um dos métodos usados em projetos de ciência de dados para obter insights automatizados de dados. Os engenheiros de machine learning são especializados em computação, algoritmos e habilidades de codificação específicas para métodos de machine learning. Os cientistas de dados podem usar métodos de machine learning como uma ferramenta ou trabalhar em estreita colaboração com outros engenheiros de machine learning para processar dados. Se você se interessa por análise de dados e gosta de resolver problemas complexos, a carreira de Cientista de Dados pode ser uma excelente escolha para você. Com a demanda por profissionais qualificados nessa área em constante crescimento, as oportunidades são muitas e as possibilidades são infinitas. O Cientista de Dados é responsável por analisar e interpretar grandes volumes de dados, com o objetivo de extrair informações valiosas para as organizações.

A primeira etapa, que cuida da coleta e preparação dos dados, é o que pode ser chamado de engenharia de dados. O processo de análise e modelagem é classificado geralmente de data science propriamente dito e pode até ganhar o nome de mineração de dados. Por mais que estatística seja uma base da Ciência de Dados, é possível se tornar especialista nessa disciplina e ganhar reconhecimento pela força nessa área. A pessoa cientista de dados com foco em estatística consegue desenvolver modelos de análise mais robustos, além de aplicar teorias e modelagens para fazer previsões. Segundo levantamento da Robert Half, o cientista de dados é um dos profissionais mais requisitados de 2021, ao lado do especialista em cybersecurity e o analista de infraestrutura sênior. Os setores que têm uma alta demanda pelo profissional de tecnologia são o mercado financeiro, varejo, telecomunicações, educação e infraestrutura.

O que um cientista de dados faz?

Então tem uma correlação, a gente sabe obviamente que essa correlação não faz sentido, mas existe. Então tem que tomar sempre muito cuidado com como a gente analisa os dados, porque a gente pode cometer diversos tipos de erros que trazem conclusões que não fazem sentido. Estima-se que, até 2025, 463 exabytes de dados sejam gerados por dia em todo o mundo, segundo dados do Fórum Econômico Mundial. https://postgresconf.org/users/gdf-gdfgd Diversas organizações já estão colhendo os frutos do investimento que fizeram em Big Data e tudo isso ainda é só o começo, pois muitas oportunidades ainda surgirão. Essas informações são fornecidas por meio da internet por seus próprios clientes ao utilizarem o aplicativo de carona coletiva. Quando a quantidade de solicitações feitas pelos usuários aumenta, o preço segue a mesma tendência.

cientistas de dados

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *